quarta-feira, 5 de setembro de 2012

"O Garoto Selvagem" (1970)

(L´enfant Sauvage) De: François Truffaut, Com François Truffaut, Jean Pierre Cargol, Mathieu Schiffman, Paul Villé, França – Drama – P&B – United Artists – 1970.

Dirigido pelo mestre do cinema francês François Truffaut, o Garoto Selvagem é uma história verídica baseada no livro de Jean Itard (1774-1838), um médico psiquiatra que se tornou responsável pela educação de um pequeno garoto selvagem encontrado em uma floresta de Aveyron, ao sul da França no final do século XVIII. Sem nenhum contato com os humanos o garoto de aproximadamente onze anos (que mais tarde passou a ser chamado de Victor, e no filme é interpretado por Jean-Pierre Cargol) vivia como um nômade, sujo, nú, e desgrenhado. Não possuía qualquer tipo de comunicação, seja ela escrita ou oral, não sabia andar sobre os dois pés, e necessitando do apoio das mãos tornava-se semelhante a um animal quadrúpede. Victor também era desprovido de qualquer tipo de emoção o que veio a implicar gravemente na sua aproximação junto aos demais humanos, incluindo os da sua idade. Ao ser resgatado Victor fora encaminhado a um hospital e mais tarde a uma escola em Paris, de onde inclusive, seria desligado dias depois após receber o diagnóstico de retardado mental. É Nesse momento que Itard (Truffaut) um médico psiquiatra, interessado na condição do garoto, decide adotá-lo no intuito de educá-lo e torná-lo sociável. Quase um documentário, O Garoto Selvagem, juntamente com Os Incompreendidos (1959), são os principais filmes de Truffaut sobre a infância e a adaptação social. Atualmente tem sido bastante utilizado nas universidades como forma de estudo na compreensão das diversas teorias da psicologia educacional.    

✩✩

O Garoto Selvagem
 Que cresceu isolado e distante dos humanos 
É resgatado por caçadores em Aveyron
Onde mais tarde passa a receber os cuidados de Dr. Itard
Que empenha-se em socializa-lo por  diversos meios
Dr. Itard ensina ao pequeno Victor a maneira correta  de se locomover
Victor descobrindo um novo mundo
Espantado Victor se vê diante de um espelho
As dificuldades do Dr. Itard
E a tão esperada sociabilidade de Victor 
O Mestre do cinema francês François Truffaut (1932-1984)
Poster original do filme

6 comentários :

  1. Eu não sabia da existência desse filme, mas já tinha ouvido falar sobre a história verídica na qual ele foi inspirado.
    Interessante!

    ResponderExcluir
  2. Sou grande fã do diretor, mas sinceramente esse me passou desapercebido.

    ResponderExcluir
  3. Truffaut é meu cineasta francês favorito. gosto demais da saga de antoine Doinel. Ainda não vi O Garoto Selvagem, mas me parece excelente.
    A Fonte dos Desejos é um filme bem previsível, mas vale pela música-tema, cantada logo na abertura por Frank Sinatra, e que ganhou o Oscar de Melhor Canção.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jefferson. Lembro-me de um professor na universidade em ter falado a respeito deste filme. A ideia do homem como "estado de natureza". Fiquei curiso, agora, em vê-lo. Muito bom o texto, Jefferson. A dica, também. Um abraço irmão...

      Excluir
  4. Outro momento sensível e talentoso de Truffaut.

    O Falcão Maltês

    ResponderExcluir
  5. Gosto muito dos filmes de François Truffaut, mas esse ainda não vi.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...